Pornografia melhora o sexo? Estudo investiga hábito entre mulheres

Posted on 11/26/2013 by UNITED PHOTO PRESS MAGAZINE

Quando se fala em filme pornográfico logo se pensa nos homens – eles gostam, aprovam e consomem sem culpa ou qualquer sinal de vergonha. Mas como as mulheres participam deste cenário? Uma matéria do site do jornal Huffington Post traz dados interessantes sobre o comportamento.

Segundo a publicação, um levantamento recente feito por um centro de pesquisa mostrou que apenas 8% das pessoas do sexo feminino assistem a este tipo de filme. O número baixo pode indicar que algumas mulheres ainda sentem vergonha de falar sobre os seus hábitos pornográficos.

A marca britânica Ann Summers de lingerie e brinquedos eróticos resolveu ir a fundo neste número e conduziu seu próprio estudo para descobrir de que forma as mulheres estão usando – ou não – a pornografia. A empresa compartilhou a pesquisa no Facebook e no Twitter, e 300 mulheres toparam participar.

Os resultados não chegam a ser representativos, partindo do princípio de que as próprias mulheres se inscreveram para participar. No entanto, eles fornecem uma perspectiva interessante sobre com as mulheres enxergam o amor, o sexo e a pornografia. Confiram os 5 principais destaques deste levantamento:

1. Pornografia traz benefícios à vida sexual
Casais que assistem pornografia juntos pelo menos uma vez por semana se sentem mais comprometidos e sexualmente satisfeitos do que aqueles que não alimentam o hábito ou o fazem com pouca frequência. Os dados mostram que 58% das mulheres que apostam na prática com o parceiro acreditam que isto traz efeitos positivos para a vida sexual.

2. Pornografia não é traição
A maioria esmagadora da amostra - 93% - respondeu que não considera seus parceiros infiéis por assistirem filmes pornográficos.

3. Acabando com o estresse
Assistir a material pornográfico foi classificado como uma "fuga para a fantasia" por 85% das mulheres. Além disso, 23% delas disseram que o ato ajuda a aliviar o estresse.

4. Pornô amador
As sex tapes também estiveram em foco no levantamento feito pela Internet, sendo que 40% das respondentes afirmaram que já protagonizaram vídeos caseiros com seus parceiros atuais ou com algum ex.

5. As jovens e os filmes pornôs
A pesquisa mostrou que as mulheres mais jovens são as mais interessadas em material pornográfico; 57% das respondentes que afirmaram gostar de assistir a este tipo de filme estavam na faixa dos 18 aos 24 anos