Casa nos EUA quer oferecer mulheres para dormir abraçadinho ao cliente, mas sem sexo

Posted on 10/20/2013 by UNITED PHOTO PRESS MAGAZINE


Cinco profissionais se oferecem para dormir agarradinhos aos clientes. A proposta é do “Snuggle House” (algo como “casa do aconchego”, em tradução livre) que deveria ser um novo negócio em Madison, Wisconsin, nos EUA. A ideia, no entanto, esbarrou nas autoridades da cidade americana, que teme que o negócio seja uma nova forma de prostituição.

A assistente de gerente da Snuggle House diz que a “terapia do abraço” do estabelecimento não envolve sexo.

Basicamente, o Snuggle House oferece quartos privativos com camas onde os clientes podem dormir abraçados com uma das mulheres da equipe da casa em troca de dinheiro.

“Nós somos estudantes de faculdade que sabemos da importância de ter o toque físico em nossas vidas”, disse Emily Noon, uma das quatro empregadas do negócio (o quinto empregado é um homem).

Segundo Noon, cada “quarto do aconchego” será monitorado por câmeras de segurança e terá um “botão de pânico” no caso de algo ultrapassar os limites.

Uma hora no quarto deve custar US$ 60 

Saiba mais no site oficial ou no facebook.