Amor sem sexo

Posted on 6/25/2013 by UNITED PHOTO PRESS MAGAZINE



Quando se fala em amor vivenciado, em relação afetiva estável, logo se associa à atividade sexual, supondo

que o exercício do sexo faz parte do dia a dia, no entanto há casais que vivem com atividade baixa de sexo, ou nenhuma. De comum acordo, ou apenas porque um dos dois não quer transar, fica estipulado sem se falar, um casamento sem sexo.

Com o passar do tempo, sem que se perceba vão estipulando a ausência da vida sexual, e quando se dão conta estão juntos por vários vínculos, menos o sexual. O impedimento, ou causa desse modelo conjugal é particular de cada um, ou de cada casal, e mesmo sendo índice relativamente baixo, existem.

A questão sexual é aprendida no decorrer de toda a vida, desde a infância até a maturidade, e a administração é relativa a cada indivíduo.

No decorrer da vida a dois, há motivos que levam para a maior ou menor troca sexual, e dentro desse padrão os pares vão se ajeitando, e buscam a felicidade independente do contato físico. Alguns sentem insatisfação e outros não. Alguns ficam felizes e outros não. Alguns procuram relações extraconjugais e outros não. Alguns se acomodam e outros não. O fato é que cada um é um, com suas necessidades inconscientes ou aparentemente conscientes e buscam dentro de sua realidade realizá-las, ou não!