Sexo entre ex-namorados pode ser prazeroso, mas cuidado com as falsas expectativas

Posted on 4/15/2012 by UNITED PHOTO PRESS MAGAZINE

Sábado à noite, sem nada para fazer e o telefone toca. Os temidos "ex", quando ligam, certamente estão querendo uma noite para relembrar os velhos tempos. Os sentimentos são conflitantes: se por um lado transar com uma pessoa com quem você já se relacionou pode ser uma experiência prazerosa, no dia seguinte você poderá lidar com uma dose de culpa ou com a incerteza sobre seus sentimentos.



A psicóloga Claudia Feliciano explica que é muito natural ter desejo sexual por um ex-namorado, namorada, marido ou mulher, mesmo que o amor já não exista mais. "O casal cria uma intimidade e aprende a conhecer o outro", diz Claudia. "Sexo casual com alguém que já foi seu parceiro é muito excitante, pois um já sabe do que o outro gosta".



As razões para procurar um "ex" para sexo casual são muitas, mas o fato de conhecer a pessoa e ter construído uma intimidade que não se consegue em um primeiro encontro são os motivos mais significativos. A psicóloga Luciana Barros lembra que muitas pessoas afirmam que o sexo pode ser ainda melhor depois do término da relação.



"Os parceiros se sentem mais livres para explorar novidades e é muito mais fácil fazer propostas ousadas para quem você já conhece", diz. As mulheres, por exemplo, costumam ter mais pudor para fazer sexo anal, mas para elas pode ser mais simples topar essa experiência com o "ex" do que com um parceiro eventual. "Ela conseguirá aproveitar muito melhor a sensação e o homem sentirá que ela está à vontade, e estar confortável faz toda a diferença para o sexo", afirma Luciana.