Pais que trabalham fora relatam falta de disposição para o sexo

Posted on 3/29/2011 by UNITED PHOTO PRESS

A maioria dos casais que trabalham fora vai concordar que balancear as longas horas no escritório com a vida de família pode demandar um certo malabarismo. Mas, de acordo com uma nova pesquisa, uma grande parcela deles sequer têm energia para o romantismo, com seis em cada dez relatando muito cansaço.

O estudo revelou que as horas para a família, a vida social e os cuidados com o corpo também sofrem, porque os casais não conseguem encontrar um equilíbrio com a vida profissional.

A votação realizada com seis mil famílias americanas pelo site "Care.com" revelou que 25% deixariam seus empregos para ganhar menos se pudessem ter mais flexibilidade em suas vidas, revelou reportagem publicada no site "Daily Mail".

- Apesar do sucesso profissional, nosso trabalho está impactando nossas vidas pessoais de uma forma não saudável - explicou a editora do Care.com, Wendy Sachs. - O stress mata a libido.

A pesquisa indicou também que o período mais estressante para os pais são os anos antes de os filhos entrarem na escola.

Dos 34% que têm babás em casa, 62% disseram ser estressante quando algo inesperado acontece, como quando a ajudante não pode ir trabalhar ou quando as aulas são suspensas inesperadamente. Sachs sugere que os pais que trabalham fora, principalmente as mães, procurem ter um tempo para eles mesmos, para reduzir os níveis de estresse e se sentirem mais preparados psicologicamente para serem presentes com a família.